16 Anos Sem Kurt Cobain

11 de abr de 2010 07:39 Postado por Red Hair 12 comentários

Kurt Cobain, guitarrista e vocalista do grupo Nirvana, foi encontrado morto no dia 8 de abril de 1994, com um tiro na cabeça, em Seattle, nos EUA. Ao lado do corpo, um rifle. Os peritos dizem que o suicídio aconteceu três dias antes. O cadáver de Cobain foi encontrado em casa; ele tinha 27 anos.




Em 1988, dois jovens músicos: Kurt Cobain, na guitarra; e Krist Novoselic, no baixo, criam o Nirvana. O baterista Dave Ghrol se junta ao grupo e, um ano depois, os três lançam o primeiro disco (‘Bleach’). Em 1992, o Nirvana já era a maior banda do mundo.



Kurt Cobain vivia um turbilhão piscológico junto com a fama: o casamento com a descontrolada Courtney Love era um caos. O suceso e a riqueza incomodavam Kurt, que prezava a cultura punk.

Em show histórico no Rio, em 23 de janeiro de 1993, Kurt Cobain é vaiado depois de abandonar o palco engatinhando. A cena foi a prova de um caminho sem volta de autodestruição. No mesmo ano, depois da apresentação de São Paulo, Kurt Cobain e Courtney Love resolveram conhecer a noite paulistana. Segundo o dono da boate em que o casal passou a madrugada, o líder do Nirvana gostava de vodca, muita vodca. Ampolas de anestésico também faziam parte da diversão do cantor, que chegou a oferecer uma dose a uma fã.


Os desenhos de horror que fazia, os textos de revolta e as declarações desesperadas já mostravam o perfil depressivo de Kurt Cobain. Ele tinha apenas 27 anos quando seu corpo foi encontrado com uma bala de espingarda na cabeça.





Mentor do punk morre e deixa herança também na moda

07:19 Postado por Red Hair 0 comentários

Considerado o “pai” do movimento punk, o inglês Malcom McLaren faleceu e deixou um legado na música e na moda. O empresário da banda Sex Pistols nos anos morreu na quinta-feira desta semana (8), depois de lutar contra um câncer nos pulmões.

Os Sex Pistols estão na origem do punk, que tem seu marco zero em novembro de 1975, data do primeiro show da banda. Com eles, e sob a influência de McLaren, se firmou a onda dos cabelos em pé, camisetas provocativas, tatuagens e piercings.

Na mesma época em que os Pistols brigavam pelo sucesso, McLaren se casou com a estilista inglesa Vivienne Westwood. Os dois geriam uma loja de roupas em Londres, fundada em 1971.

A loja dos dois, Let It Rock, ajudou a moldar o estilo punk. Mais tarde, ela mudaria de nome para Sex e se tornaria quase uma lenda da moda.

A Sex abasteceu as primeiras bandas de punk que surgiram na Inglaterra, incluindo, é claro, os Sex Pistols. Os temas políticos, críticas sociais e motivos eróticos foram se tornando uma marca das criações de Westwood.

Desde os anos 70, a moda punk evoluiu e foi se dividindo em diferentes vertentes, tomando novos rumos. Um deles permitiu que as referências punk seguissem um caminho mais comercial. Afinal, hoje não é difícil ver jaquetas de couro cheias de tachas em lojas de departamento.

Da esq. para a dir. - A banda Sex Pistols em foto de 1977 e a estilista Vivienne Westwood durante seu mais recente desfile em Paris

A "mãe do punk", Vivienne Westwood permanece sendo uma referência no mundo da moda. Aos 69 anos, ela exibe suas coleções nas semanas de moda de Londres e de Paris.